Um novo começo, novidades e projetos…

Mais um final de ano chegando e me pego refletindo sobre tudo o que ocorreu no decorrer dele e a palavra que resume tudo é: trabalho. Este ano em particular foi intenso, logo no começo uma reviravolta sem precedentes na empresa em que trabalho que resultou numa pressão inacreditável para segurar as pontas e manter a empresa nos trilhos. No fim, junto com meus companheiros de trabalho, conseguimos manter a empresa nos trilhos, e não só isso, agora estamos ainda mais fortes do que antes.

Porém isso custou caro para meus projetos pessoais, praticamente todos tiveram que ficar de lado pois 100% do meu foco estava voltado para o trabalho. Alguns projetos eu acabei abandonando de vez, outros estão na geladeira por tempo indefinido. Mas um projeto em particular eu sempre acabo trazendo de volta a tona, pois por mais difícil que seja o momento pelo qual eu esteja passando, é na música que sempre encontro uma válvula de escape, seja para relaxar ou para extravasar o stress.

Foi neste mesmo contexto, a alguns anos atrás, que o blog Rock ‘n’ Web surgiu. Este foi o meu primeiro projeto, criei o site em março de 2010 e de lá para cá já foram seis anos e meio de vários recomeços. O blog já teve várias caras diferentes, vários focos diferentes, só que no final eu sempre levava tudo muito a sério e quando tinha que priorizar outro projeto por causa do trabalho ou qualquer outro motivo,  acabava me frustrando e colocava o site na geladeira.

Desta vez resolvi mudar um pouco o foco e tratar o blog de forma mais descompromissada, tanto que apesar do nome o não irei falar somente sobre música no blog. O intuito é não me atrelar à um compromisso de escrever determinada quantidade de posts por dia ou semana no blog, irei postar aqui quando tiver tempo e vontade, sempre sobre o assunto que for relevante no momento em questão. Outra meta é atrelar o blog aos meus demais projetos e hobbies, assim eu vou fazendo aquilo que estiver mais afim no momento e ainda vou gerando conteúdo para o blog.

De antemão já tenho três projetos que comecei em 2016 e que vou levar a fundo em 2017. Aqui dentro do blog eu vou ter uma série para cada um dos destes projetos além do conteúdo tradicional sobre música.

O primeiro projeto em questão é uma brincadeira que eu botei na cabeça e levei a sério no final das contas. A capa deste post já é uma dica, como podem observar a minha banda preferida é dispara os Scorpions, conheci a banda na época do disco Acoustica, mais especificamente com o disco Lovy Metal 1 da Som Livre, nele conheci a Still Loving You, um tempo depois saiu o Lovy Metal 2 e nele veio a Wind Of Change, foi então que resolvi descobrir quem era esse tal de “Scorpions”. A partir daí cada vez que ia descobrindo uma música nova dos Scorpions eu ia ficando mais e mais fascinado e apaixonado pela banda. Eis então que na virada de 2015 para 2016 resolvi que iria montar toda a discografia de álbuns de estúdio dos Scorpions em mídias físicas, sendo o máximo possível em LPs. Até o momento eu já tenho 5 LPs e alguns CDs e irei escrever aqui no blog a medida em que for completando a coleção, já nos próximos dias devo escrever algumas curiosidades sobre os quatro primeiros discos dos Scorpions. Vai ser até uma forma divertida de contar a história da banda e algumas curiosidades também.

O segundo projeto tem a ver com o hobbie que tenho me focado mais ultimamente: Charcutaria e Cerveja. Eu aprendi a fazer cerveja a  alguns anos atrás e recentemente adentrei o mundo da charcutaria, meu próximo passo é aprender a fazer queijos e irei contar este processo aqui no blog, além de escrever também sobre cervejas e charcutaria. Este provavelmente vai ser um assunto menos recorrente no blog, pois não tem como falar de Cerveja e Charcutaria sem ter que entrar em assuntos técnicos e delicados, principalmente na Charcutaria. Eu não quero – e acho errado – propagar desinformação. Por este motivo sempre que for escrever sobre estes assuntos no blog, irei pesquisar e conseguir o máximo possível de embasamento e fontes confiáveis sobre os assuntos que irei tratar antes de postar no blog.

Por fim, mas não menos importante, o terceiro projeto é algo bem mais recente e que eu ainda estou estudando como fazê-lo. Uns dois meses atrás voltei a jogar World of Warcraft e nesse meio tempo comecei a me interessar por Roleplay, isso acabou se encaixando com uma vontade muito antiga minha que é a de escrever um livro, porém a dificuldade que eu vou enfrentar é a de criar todo um conteúdo novo baseado na história e jogabilidade de World of Warcraft. Não posso simplesmente sair copiando nomes e histórias do jogo, principalmente por conta de direitos autorais e este provavelmente é um projeto que irá demorar um pouco para desengrenar.

Em fim, o que era para ser uma breve introdução já virou um texto enorme e não quero me prolongar demais. Este pode ter sido um ano difícil mas foi muito recompensador no final, agora estou animado novamente com meus projetos e empolgado com o que está por vir nos próximos anos. Tenho ainda outros projetos em mente para o blog e para minha vida e aqui poderei compartilhar esta experiência a quem quer que possa se interessar.